quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Mais não se pode morrer no meio do quinto ato!

By Fabio Alves


Ele se foi e nem sequer se despediu de mim, não me disse sequer adeus... disse-me ainda ontem que pretendia ficar, que entregar-se não era possibilidade... 23 anos e uma vida inteira... toda força e vontade para mover o mundo, e de repente o nada absoluto. Tantos planos que você tinha, tantos desejos, sei que você podia tudo que quisesse, mais ainda se perdeu.
Não se pode acreditar que as pessoas tenham intenções assim, não podia deixar que a vida continuasse sem você, e ainda assim partiu... deixou uma dorzinha que não se sabe onde começa e nem onde termina...


Como diria Machado;"Que a terra lhe seja leve!"

13 comentários:

  1. Aff...é muito ruim pra quem fica encarar a partida de alguém que nos é caro.
    A morte de alguém querido, ainda mais tão novo,sempre deixa mil e uma reflexões pairando em nossa cabeça.

    Beijos.*

    ResponderExcluir
  2. Não queria nem dizer, mas Deus não pode possivelmente perdoar tanta covardia... Será que ele se arrependeu, no último momento?

    ResponderExcluir
  3. que texto forte.
    amei.
    valeu por ter aparecido la o blog.

    beijos
    saudades

    ResponderExcluir
  4. Oi minha querida... vim só deixar um beijo.
    Tenho sempre lido você mas nunca me sai nada que valha a pena partilhar neste espaço onde suas belas palavras reinam...
    Mas, desta vez, venho apenas para dizer que não me esqueço de você.
    Nunca*

    ResponderExcluir
  5. Querida amiga,

    O texto é triste, mais infelizmente
    podemos dizer o mesmo da vida.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Odeio despedidas sem avisos...
    É como se a vida parasse no meio, como se nossos sonhos parecessem apenas ilusões das mais bestas.
    E ficamos assim...Sem saber para onde ir e nem onde chegar.
    Odeio finais.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Adorei sua auto-definição de emo! xD
    Comentando o post:
    Que triste! :(
    Falar de morte é sempre tão estranho, ne?! As vezes eu paro pra imaginar uma pessoa, com consciencia, sentimentos, sonhos e objetivos simplesmente deixando de existir... Não faz mto sentido.

    :\

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Passando pra desejar paz e felicidade. Queria agradecer pelo pulos no meu blog, mesmo tirando a área de comentários fico feliz de receber visitantes.
    É sempre bem vinda.
    Vou linkar você lá.

    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Confesso não saber o que lhe escrever, mas se precisar conversar, estou aqui (meu msn no blog)!
    Xerinhus
    =***

    ResponderExcluir
  10. A todos os meus queridos amigos!

    Não gosto de falar de morte por motivos mais que obvios, mais as vezes não tem como fingir que ela não faz parte do meu dia-a-dia, mais ainda assim agradeço a todos que se preocuparam e que entenderam que é um desafo de quem as vezes não tem como guardar tudo o que acontecesse pra si mesma...
    Amo de paixão todos vcs...
    Obrigada por me "escutarem" quando nem eu mesma, aguento mais tantas lámurias....

    Bjussss

    ResponderExcluir
  11. triste perder quem amamos repentinamente

    ResponderExcluir

e me disseram...