sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Sobre a chuva - Parte II

À menina do abismo.


Agora eu preciso chegar lá, nem a chuva ou os pés molhados irão me impedir.Preciso chegar lá ou morrer tentando. Sei que dito assim parece obsessão, mais eu preciso provar que posso. Provar a mim mesma e a todos que disseram que eu não podia. Eu sei que posso tudo aquilo que realmente desejar. Basta empenho. E agora tudo o que eu quero é chegar lá, não pretendo morrer tentando, não quero morrer agora. Morrer só me parece justo, quando tiver feito tudo aquilo que tenho pra fazer. E ai eu vou me desculpar com você e dizer que te amo. Mais sei que nem sempre morrer é justo. De morte eu entendo bem. Não entendo é de amor. Por isso preciso de você. Sem você não sou capaz de chegar a lugar nenhum. E sem você nem sei se ainda quero provar nada a ninguém, acho que ai sim, prefiro morrer...

27 comentários:

  1. Amiga, saudades de ti
    Por onde andas ?

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Muito bonito ! :)

    Vou passar mais vezes por este recanto. Beijos *

    ResponderExcluir
  3. Leio os seus textos e parece que vivo a situação...

    Há sentimentos no que escreve!

    __________________________________


    Grande abraço Kami!

    ResponderExcluir
  4. Um abrigo feito de pedras
    Uma porta sem entrada
    Uma janela fugida à luz
    Aprisiona alma desencontrada

    Um tecto feito de estrelas
    A Lua brinca com fios de luz
    Um cometa passou rasante
    Um coração o outro seduz



    Bom domingo


    Mágico beijo

    ResponderExcluir
  5. Kami,
    E eu compartilho também deste sentimento de mais saber de morte do que de amor.... Continuo ensaiando... e muito! Só desisto quando morrer.

    Como sempre você é um amor!

    saudade.


    beijocas!

    PS:não consegui adicioná-la ao msn! =(!

    ResponderExcluir
  6. Como já disse o Gil: andar com fé eu vou que a fé não costuma falhar.

    Dark Kiss

    ResponderExcluir
  7. Morrer nunca é justo. Tá, a gente faz besteira, mas precisava tudo isso...? :~ Kami voltou! Eeeeeeeeeeeeee \o/ I love ya ;)

    ResponderExcluir
  8. A maior injustiça é a morte....

    Bjs

    saudades de ti...

    ResponderExcluir
  9. A menina do abismo veio, claro... vem sempre... muito mais vezes do que você possa pensar minha querida...
    Mas desde que leu isto, só consegue ficar aqui chorando :$

    Me desculpa; não sei nem o que dizer; o texto é lindo, lindo.
    Sabe? Fiquei comovida pelo título que escolheu. Esse era o título de uma de suas passagens que mais me marcou, desde o início, quando mal nos conhecíamos e sabíamos tão pouco uma da outra. Nunca pensei que você se recordasse mas agora sei que não o escolheu por acaso.

    ResponderExcluir
  10. Te amo mocinha, obrigada por tudo.



    PS: Estou te devendo um mail enorme eu sei, mas já te expliquei como anda o meu tempo e prefiro fazê-lo quando tiver o sossego e o tempo necessário para te contar tudo.

    ResponderExcluir
  11. morrer é dificil, não a queremos.

    desistir? nunca.
    morrer tentando? sempre

    beijos

    belo texto

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Passando para desejar-te um bom fds,

    Bjocas

    ResponderExcluir
  13. Respondi seu comentário no meu blog, mas tive medo de que você não lesse, então entrei aqui.
    Já tinha lido seu texto e como tudo que você escreve, adorei.
    Adoro esta amizade virtual que conquistei por acaso e agora me acostumei a ter por perto (mesmo que distante), adoro seu carinho e adoro quando entro e vajo que esteve por lá.
    Obrigada por suas palavras e amizade.

    beijo, beijo, beijo

    ResponderExcluir
  14. ei moça...

    eu voltei,
    na verdade metade de mim voltou!


    beijocas,

    flor.

    ResponderExcluir
  15. Uma ótim semana pra vc Kami!

    Bjus

    ResponderExcluir
  16. Entendo perfeitamente cada palavra sua, e o sentimento que elas expressam.
    Apenas porque estou também precisando chegar lá, e lá onde eu quero chegar são os braços da minha furtiva amada.
    Sem ela resta-me essa insistente saudade, talvez por isso eu entenda tão bem de morte....

    Beijos em você.

    ResponderExcluir
  17. Obrigada pela visita... muito bom o seu blog!
    Percebi que somos do mesmo signo... rsrsr
    Parabéns, bjks

    ResponderExcluir
  18. Querida Bandeiras!

    Sabe que agradeço não os seus comentários mais a sua maizade e preocupação, a vezes parece que a vida fica dificil demais e eu preciso de silencio e solidão, mais eu sempre volto, por que na verdade eu não vivo sem tudo isso aki e menos ainda sem vcs!

    Bjusssssssss

    ResponderExcluir
  19. Olá Marlene!

    Volte quando quiser....

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  20. Cá e Profeta!

    Vcs são dois amores, obrigada!

    Bjusssssss

    ResponderExcluir
  21. Querida Flor!

    Já te respondi em varios lugares...espero que veja ao menos um...
    Tb entendo mais de morte que de amor, mais não por gosto, assim quis a vida,né!
    Mais assim como vc eu não desisto nunca... persistencia é um dos meus maiores defeitos!

    Bjusssssssss

    ResponderExcluir
  22. Minha menininha!

    Que bom que a menina do abismo veio, aki ela é sempre esperada...sabe que eu nunca esqueci que gostava deste texto...Sobre a chuva...e acho que ele é mais que um desafo pra mim, e vc gostou justamente dele, mais parecidas do que esperavamos... por isso quis te dar um pouco dele de presente, espero que tenha gostado!

    Bjusssssss

    ResponderExcluir
  23. Ludmila e Carambolas!

    Lu obrigada pelo comentário e pela constante presença aki...

    Carambolas obrigada pela visita e volte quando kizer!

    Bjusssssssss

    ResponderExcluir
  24. Carissimo Lord!

    Há tempos que não me visita mais...tenho sentido muito a sua ausencia...quanto a chuva ela sempre estraga o meu cabelo e me deixa com os pés molhados, isso dificulta muito o percurso, mas eu sei que chego, por mais que demore!

    Bjussssssssss

    ResponderExcluir
  25. Gisele!

    Quando se planta amor o que espera colher!???

    Bjussssss

    ResponderExcluir
  26. Olá Marcelo!

    Sei que de nada adianta dizer que passa, esse é o tipo de dor que sufoca, queima enquanto congela tudo ao redor... procura ela e diz tudo isso, se ela não voltar ao menos alivia o coração!

    Bjussssssssss

    ResponderExcluir

e me disseram...